Evento promove debate sobre blockchain e criptomoeda

Evento promove debate sobre blockchain e criptomoeda

24 de julho de 2018 | 4 semanas atrás | Tempo de leitura: 2 minutos

A empresa de comunicação e tecnologia 3MW realiza o evento “Blockchain Simplificada” em São Paulo com discussão sobre as possibilidades e as tendências dessa tecnologia revolucionária. A tecnologia blockchain existe no funcionamento de todas as praticidades que sonhamos alcançar através da internet e da ciência do “futuro”.

Desde seu surgimento, ao lado da criptomoeda Bitcoin em 2008, a cadeia de blocos permite que qualquer transação de valores seja feita de forma segura, anônima e sem a interferência de entidades externas, como bancos ou o próprio Estado. Quando mudamos a maneira como as pessoas se relacionam com o dinheiro e o comércio de valores, também alteramos as possibilidades de transformação de outras organizações – e aí que mora o poder revolucionário da blockchain e das criptomoedas.

Desde plataformas que armazenam os registros médicos dos cidadãos na Estônia até a publicidade customizada com base em dados do próprio usuário, o blockchain é versátil dentro de suas utilidades, mas principalmente é agente transformador de tecnologia. É nesse contexto que a empresa de comunicação 3MW promove o evento “Blockchain Simplificada”, momento para a discussão da importância desta tecnologia, como ela pode ser inserida no dia a dia e para onde essa tendência deve ir.

São três palestras com especialistas no assunto, seguidas por um debate mediado por Vinicius Debian, um dos sócios da 3MW, sobre o mercado atual do blockchain, suas perspectivas e previsões.  Rodrigo Julian, também sócio da empresa, o especialista João Lopes e a head de pesquisa e desenvolvedora de metodologia Thiara Cavadas formam o trio de palestrantes. Quem encerra a noite do evento é a banda Lumen Craft, trio brasileiro de música eletrônica que pesquisa tecnologia para apresentações multimídia.

Serviço Blockchain Simplificada: 26/07, 18h30 às 22h30,  Alameda Eduardo Prado, 667, em São Paulo.