A tecnologia pode nos tornar mais humanos?

3 de Janeiro de 2019 | 6 meses atrás | Tempo de leitura: 4 minutos

Nos dias atuais, o fato de que pessoas têm cada vez menos interações humanas é uma realidade. O dia a dia atarefado e o trabalho consomem tempo. Isso, somado à nossa relação atual com a tecnologia, faz com que o contato cara a cara diminua. O avanço da tecnologia e sua inclusão cada vez maior em nossas vidas é um tema polêmico e que gera discussões. À medida em que a tecnologia se desenvolve, surge uma importante questão: será que ela atrapalha as pessoas e suas relações ou ela pode nos tornar mais humanos?

A distância entre o ser humano e a tecnologia realmente está diminuindo, o que pode assustar. Porém, com tantos avanços e novidades, no futuro provavelmente teremos mais tempo para nós mesmos, já que a inteligência artificial e outras tecnologias devem tomar conta de boa parte das atividades mecânicas hoje realizadas por nós.

Tendo em vista que grande parte do nosso tempo se perde com trabalhos repetitivos e cansativos, podemos dizer que se a tecnologia dominar essas tarefas, será possível focar em atividades mais interessantes, mais humanas, e, por que não, em como se tornar uma pessoa melhor. A relação do ser humano com a tecnologia deve mudar muito, de modo que nós teremos mais tempo livre para usar como bem entendermos.

Tecnologia e empatia

Os aspectos fundamentais dos seres humanos derivam de sermos membros de um grupo, uma comunidade. Além disso, sentimos empatia quando vemos o sofrimento do outro, é da natureza humana querer – e ter – a capacidade de cuidar daqueles que necessitam.

No entanto, vivendo no ritmo atual, essa característica tão importante e natural acaba praticamente desaparecendo. Não há tempo para se preocupar com os outros e nem com nós mesmos, em muitos casos.

No futuro, provavelmente as pessoas consigam recuperar esse lado empático e possam trabalhar suas soft skills.

Além disso, com a tecnologia sendo aplicada em uma série de atividades, poderemos nos aperfeiçoar em novos trabalhos, criar novos empregos, estudar assuntos diferentes e dar mais atenção ao que realmente nos interessa.

Viver mais e viver melhor

Paralelamente ao cenário no qual haverá tempo para executar outras atividades e se relacionar com as pessoas, existe a tecnologia aplicada na área da saúde.

Como já falamos aqui, a inteligência artificial está sendo utilizada para identificar sinais que indiquem uma série de doenças e padrões no corpo humano.

Imagine poder analisar o padrão de comportamento de uma célula para entender se, no futuro, ela poderá se tornar uma célula cancerígena. Ou, ainda, a execução, à distância, de cirurgias complexas realizadas por robôs. Essa não é uma realidade tão distante e deve trazer inúmeras oportunidades conforme o passar do tempo e aprimoramento das ferramentas tecnológicas.

A tecnologia utilizada a nosso favor é capaz não só de tornar as pessoas mais humanas e empáticas, mas também de proporcionar vida longa e de qualidade. Mais do que isso, ela deve permitir o aproveitamento do tempo da melhor forma, sem a preocupação ou necessidade de realizar determinadas tarefas árduas e mecânicas.