Branded audio: 6 dicas para sua marca fazer um podcast perfeito

Tecnologia

6 de junho de 2018 | 2 semanas atrás

Todos os caminhos indicam para podcasts. Nós já listamos o conteúdo em áudio como tendência do marketing digital, o JWT Intelligence colocou em seu relatório como uma das 100 inovações para ficar de olho em 2018, o Google já mostrou que aposta no poder do formato e o sucesso de assistentes pessoais mostra que quem manda agora é a voz e não mais a imagem.

Para as marcas, é importante não perder o bonde do podcast. Ainda há muito potencial a ser explorado por empresas brasileiras, ainda mais com tecnologias como os assistentes pessoais como o Amazon Echo e Google Home ainda não terem emplacado de vez por aqui. As previsões otimistas, aliadas a números que comprovam o sucesso do formato, estão fazendo marcas começarem a se arriscar no terreno.

A questão é que, se agora todos dominam o vídeo, que surgiu como tendência no começo da década, os podcasts ainda são novidade para a maioria — o que cria uma série de dúvidas sobre como conseguir fazer um conteúdo em áudio interessante. Por isso, separamos algumas dicas que podem ser o pontapé inicial para o projeto de sua marca.

Sua marca está preparada para fazer um podcast?

Sim, você não quer perder o bonde do podcasts, como falamos acima. Mas seguir a tendência por simplesmente seguir, pode não ser uma boa. Como lembra o EConsultancy, o podcast precisa ser parte de uma estratégia de conteúdo. A sua marca já tem uma estratégia bem definida? Qual a mensagem que quer passar?

Depois, é necessário entender como você quer engajar com a sua audiência. Um estudo sobre o analytics do blog da sua empresa ou do engajamento com o público nas redes sociais pode te dar uma boa ideia sobre quais são os assuntos que mais chamam a atenção do seu target. Esse contexto pode ajudar a construir a sua estratégia, sempre lembrando de estar alinhado com valores fundamentais e com o plano de marketing geral da companhia.

Podcast te dá uma chance de ser sutil: abrace

Como toda estratégia de conteúdo de uma empresa, um podcast permite sutileza na hora de apresentar e promover a sua marca. Sabemos que anúncios como antigamente não fazem mais sentido e pessoas querem marcas que sejam originais e que se conectem com sua audiência de maneira verdadeira. Conteúdo em áudio permite que o seu brand awareness aumente — para isso, é necessário identificar quais os assuntos de mais interesse da sua audiência, como falamos acima. Além disso, é necessário tomar cuidado com muitas promoções e menções à marca. Lembre-se: os consumidores podem até tolerar os anúncios, desde que sintam que estão recebendo algo relevante em troca.

Planejamento pode ser o seu melhor amigo

Muita calma nessa hora: você arranjou o tema perfeito, já tem como produzir, sabe como apresentar o formato para a sua audiência…Tudo parece bem, mas lembre-se que o projeto de conteúdo em áudio precisa de muito planejamento. Quantos episódios você pretende fazer? Já existe um tema para todos? Sabemos que o conteúdo é dinâmico e pode mudar a cada semana, mas ter noção da demanda e do que vai acontecer nos próximos meses é essencial para não ter surpresas mais à frente.

Não se esqueça que o podcast vai além do áudio

Como assim? Bom, o podcast é um conteúdo em áudio, mas as pessoas costumam descobrir o formato navegando na internet. Portanto, vale investir na identidade visual do seu podcast — isto é, criar capa, artes para redes sociais e outros itens que podem chamar a atenção. Depois, é só deixar o bom conteúdo fazer o resto.

Exerça a criatividade para se destacar

Com novos podcasts de marcas e independentes surgindo a cada semana, é possível que o mercado fique saturado em breve. Embora a lacuna a ser preenchida seja grande, o hype pode tornar difícil se destacar. Por isso, melhor usar a criatividade logo de cara. Dependendo do caso, vale ir além do programa que debate um tema específico por 1h. Você pode apostar em ficção, leituras, interpretações, dramatizações…

Compartilhar continua sendo importante

Tudo bem, quase ninguém é fã do Facebook e outras redes sociais, mas elas continuam sendo uma das melhores fontes para criar novos interessados em seu conteúdo. Por isso, ter botões para compartilhar esse conteúdo facilmente é essencial para fazer o número de ouvintes do seu programa aumentar.